• ABMTHS

Regente da Orquestra Anelo passa temporada nos Estados Unidos



Regente da Orquestra Anelo, grupo instrumental do Instituto Anelo, Guilherme Ribeiro está nos Estados Unidos como professor convidado na Jacobs School of Music da Universidade de Indiana, na cidade de Bloomington, estado de Indiana. Ele viajou no dia 9 de Janeiro e retorna ao Brasil em 5 de Maio. Durante sua ausência, a Orquestra Anelo será dirigida pelo coordenador musical e pedagógico do Instituto Anelo, Vinicius Corilow.


Guilherme conta que foi selecionado para a vaga a partir de um edital. “É uma bolsa oferecida pela Fullbright, uma instituição americana que concede bolsas para doutorado, para mestrado, para pesquisa em geral. Eles têm esse programa junto às universidades, que é o que eles chamam de ‘chair’, uma cátedra, ou seja, uma posição na universidade, temporária, para um professor convidado”, explica.


A Jacobs School of Music possui um departamento de música latina, e todos os anos, por meio da Fullbright, a universidade oferece uma bolsa para um professor latino-americano trabalhar lá durante um semestre. “Eu tive que me submeter ao processo de inscrição, enviar documentos, portfólio, discos, enfim, e fui aprovado. É um programa aberto, e qualquer músico, qualquer artista, com esse perfil de professor, pode participar.”


Entre as atividades que desenvolverá na universidade está a preparação de ao menos três workshops voltados para a música brasileira. Serão workshops sobre aspectos da música brasileira ou um pouco mais temáticos, sobre samba-jazz e ritmos do Nordeste. Ele também terá a oportunidade de trabalhar com uma das big bands da escola e ainda dirigirá uma ou duas turmas de alunos de graduação, com as quais vai desenvolver um repertório.


Guilherme conta que terá livre circulação no curso, então, parte desse período nos Estados Unidos será utilizado para estudar. “Eu vou me ausentar, sair um pouco da minha realidade de professor de música de São Paulo com o intuito também de estudar. Essas atribuições todas que eu tenho vão ocupar uma parte pequena da semana. O restante do tempo, posso assistir às aulas que quiser. Pretendo estudar bastante acordeon, piano, voltar com novos arranjos e com novas composições”.




CARREIRA Pianista, acordeonista, tecladista, compositor e arranjador, Guilherme Ribeiro é natural de Santos (SP), mestre em Performance Musical pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e bacharel em Música Popular pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Atuou ao lado de Paulo Moura, Raul de Souza, Maurício Einhorn, Gabriel Grossi, Jamil Maluf/OER, Isaac Karabtchevsky (Osesp), Fabiana Cozza, Dominguinhos, João Donato, Mariana Aydar, Céu, Luiz Tatit, O Teatro Mágico, Zizi Possi e Virgínia Rosa, entre outros.

Tocou em festivais internacionais como Montreal Jazz Festival no Canadá, NorthSea Jazz Festival na Holanda, JVC Jazz Festival na França, Sfinks na Bélgica, Coachella nos Estados Unidos, Standard Bank Youth Jazz Festival Makhanda e South Africa Association for Jazz Education na África do Sul. Possui sete discos de carreira: Calmaria (2010), Que se Deseja Rever (2012), A Deep Surface (2013, lançado na Europa), Tempo (2015), Facing South (2019, lançado na África do Sul) e NUUU! (2019, com trio Marés, lançado na Europa).

Na área da educação musical leciona piano, acordeon, contraponto e prática de bandas junto à Faculdade Souza Lima e à EMESP Tom Jobim, em São Paulo. Desde 2012 trabalha como professor convidado no Arcevia Jazz Feast na Itália. Em 2018 passou a dirigir a Orquestra Anelo, grupo instrumental do Instituto Anelo, associação sem fins lucrativos que oferece aulas gratuitas de música na cidade de Campinas (SP), atuando como regente e arranjador.


Conductor of the Anelo Orchestra, an instrumental group at the Anelo Institute, Guilherme Ribeiro is in the United States as a guest professor at the Jacobs School of Music at Indiana University, in the city of Bloomington, Indiana. He traveled on the 9th of January and returns to Brazil on the 5th of May. During his absence, the Anelo Orchestra will be conducted by the musical and pedagogical coordinator of the Anelo Institute, Vinicius Corilow.


Guilherme says he was selected for the vacancy from an announcement. “It is a scholarship offered by Fullbright, an American institution that grants scholarships for doctorates, for masters, for research in general. They have this program with universities, which is what they call ‘chair’, a chair, that is, a temporary position at the university, for a guest professor ”, he explains.


The Jacobs School of Music has a Latin music department, and every year, through Fullbright, the university offers a scholarship for a Latin American professor to work there for a semester. “I had to submit to the application process, send documents, portfolio, records, in short, and I was approved. It is an open program, and any musician, any artist, with that teacher profile, can participate. ”


Among the activities he will develop at the university is the preparation of at least three workshops focused on Brazilian music. There will be workshops on aspects of Brazilian music or a little more thematic, on samba-jazz and rhythms from the Northeast. He will also have the opportunity to work with one of the school's big bands and will also direct one or two classes of undergraduate students, with whom he will develop a repertoire.


Guilherme says he will have free movement in the course, so part of that period in the United States will be used to study. “I'm going to be away, to get out of my reality as a music teacher in São Paulo a little bit, also with the intention of studying. All these assignments that I have will occupy a small part of the week. The rest of the time, I can attend any classes I want. I intend to study a lot of accordion, piano, come back with new arrangements and new compositions ”.



Enviado por / Sent By:

Instituto Anelo

ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE

MARIA E TSU HUNG SIEH

ABMTHS 2018 - Todos os direitos reservados

Design Victor Martins