• ABMTHS

Instituto Anelo retoma, com sucesso, o Recital dos Alunos no formato presencial

Depois de quase dois anos de eventos on-line, o Instituto Anelo realizou, no dia 4 de dezembro, o Recital dos Alunos no formato presencial. O evento aconteceu no Centro de Artes e Esportes Unificados “Mestre Alceu” – CEU Florence, com apresentações tanto no auditório, com plateia limitada a 60 pessoas, quanto na quadra de esportes, que conta com arquibancada para acomodar o público. O uso de máscaras foi obrigatório.


Foto: Gustavo Jannini


Participaram do recital alunos das turmas de violino, acordeon, musicalização infantil, Prática de Banda, sopros (escaleta e flauta transversal), piano, violão, trombone, baixo, percussão e bateria, mais os coros Infantil, Juvenil e Adulto. Além das apresentações musicais, o evento contou com Cantina Solidária e bazar com o objetivo de arrecadar fundos para a manutenção do projeto.


Foto: Edis Cruz


De acordo com o fundador e coordenador geral do Instituto Anelo, Luccas Soares, a realização do recital só foi possível porque, após a volta das aulas presenciais, não foi registrado nenhum caso de Covid-19 entre alunos e professores. Ele atribui esse fato ao protocolo sanitário conservador adotado pelo Anelo.


Foto: Edis Cruz


“O Anelo retomou as atividades presenciais em agosto, inicialmente com uma aula por mês para cada turma, sempre com distanciamento e com todos os cuidados. Depois, no mês seguinte, foram duas aulas por turma e, sem seguida, três aulas”, explica Luccas, que ressalta que o Anelo não chegou a ter 100% das aulas presenciais no segundo semestre de 2021 – parte das atividades seguiu on-line.


Foto: Gustavo Jannini


Ele disse que todos ficaram muito felizes por conseguirem fazer música com segurança, com todos de máscara, mesmo em um lugar aberto. “O público do Anelo é maravilhoso, as famílias são maravilhosas. Não teve nenhuma confusão. Foi muito bom reencontrar as pessoas, ver todos bem e poder comemorar. Como diz a música Enquanto Houver Sol, do Sérgio Britto dos Titãs, nenhuma ideia vale mais do que a vida”, completou.


Foto: Edis Cruz

 

Instituto Anelo successfully resumes the Students' Recital in face-to-face format


After nearly two years of online events, the Instituto Anelo held, on December 4, the Students' Recital in a face-to-face format. The event took place at the Unified Arts and Sports Center “Mestre Alceu” - CEU Florence, with presentations both in the auditorium, with a limited audience of 60 people, in the sports court, which has bleachers to accommodate the public. The use of masks was mandatory.


Students from the violin, accordion, children's music, band practice, wind instruments (melodica and transverse flute), piano, guitar, trombone, bass, percussion and drums, plus the Children's, Youth and Adult choirs participated in the recital. In addition to the musical performances, the event featured Cantina Solidária and a bazaar with the objective of raising funds for the maintenance of the project.


According to the founder and general coordinator of Instituto Anelo, Luccas Soares, the performance of the recital was only possible because, after the return of in-person classes, no case of Covid-19 was registered among students and teachers. He attributes this fact to the conservative sanitary protocol adopted by Anelo.


“Anelo resumed face-to-face activities in August, with a bulletin with one class per month for each group, always with distance and with all care. Then, the following month, there were two classes per class and, without a second, three classes”, explains Luccas, who points out that Anelo did not reach 100% of the classroom classes in the second of 2021 - part of the activities continued online.


He said that everyone was very happy to be able to make music safely, with everyone wearing masks, even in an open place. “Anelo's audience is wonderful, the families are wonderful. There was no confusion. It was great to meet people again, see everyone well and be able to celebrate. As the song While Therer Sol, by Sérgio Britto dos Titãs says, no idea is worth more than life”, he added.

Posts recentes

Ver tudo