top of page
  • Foto do escritorABMTHS

Curso de artesanato para mulheres retoma atividades (CSMMR)

Atualizado: 31 de mai. de 2023

Por Lucas Thaynan As turmas das oficinas de filé, miçangas e crochês - artesanatos fortes da cultura alagoana - retornaram no final de março, após dois anos de pausa em virtude da pandemia da Covid-19. As atividades são ofertadas às mulheres, semanalmente, no Centro Social Madre Maria Rosa (CSMMR), em Maceió.


No total, 20 mulheres que vivem em situação de vulnerabilidade social participam das atividades, que têm como objetivo principal possibilitar uma nova fonte de renda. “É uma alegria muito grande para nós e para as mulheres em poder retomar a caminhada de aprendizagem no artesanato nordestino e de Alagoas que tem uma história e uma cultura que valoriza o artesão e a artesã”, conta Joana Pundyk, coordenadora do Centro Social.


“Agora que todas nós estamos vacinadas e que o nível de contágio está bem baixo, resolvemos retomar as oficinas com as mulheres. Isso é importante porque elas têm esse tempo só para elas. E também porque esse trabalho valoriza a pessoa e elas estão aprendendo algo que poderá, futuramente, ser uma fonte de renda, além de desenvolver o talento natural que elas têm”, explica Joana.


Ludmila André, uma das mulheres que participa das oficinas, fala da importância destas atividades para o seu desenvolvimento pessoal e profissional. “Em casa a gente não aprende nada de novo. Mas aqui é diferente, tenho esta grande oportunidade de fazer algo de fato novo e aprender um ofício, coisa que eu não tinha antes. E dá até para ganhar um dinheiro, e isso pra gente é muito importante”.



Para a oficineira Andreia Cavalcante poder retomar essas atividades é algo que lhe dá satisfação e alegria. “Pra mim é um prazer passar um pouco do que a gente sabe. E a cada semana também aprendemos com elas. É muito gratificante quando a gente vê que elas aprendem algo que pode se tornar um ofício. Eu sempre digo também que a arte é uma terapia. Quando a gente está trabalhando com arte, por mais problemas que tenhamos, ela nos ajuda na concentração e, sobretudo, na nossa saúde física e mental”.


 


25 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page