Saudade é tema de vídeo que reúne alunos e professores do Instituto Anelo

Tradicionalmente, o Instituto Anelo, uma associação sem fins lucrativos que oferece aulas gratuitas de música na região do Campo Grande, em Campinas (SP), realiza apresentações de alunos para marcar o encerramento de cada semestre. Nem em 2020, com a chegada da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), quando todas as atividades da instituição passaram para o formato remoto, esses eventos deixaram de acontecer, no caso, com recitais online.


Neste primeiro semestre de 2021, ainda na impossibilidade de retomar as apresentações ao vivo, a instituição decidiu fazer algo diferente: apostou na produção de um vídeo único, com imagens feitas na sede no Anelo e áudio captado a partir de gravações realizadas por alunos e professores. A música escolhida para marcar essa celebração foi Ai que Saudade d’Ocê, do compositor paraibano Vital Farias.


Segundo conta o coordenador pedagógico do Instituto e regente da Orquestra Anelo, Guilherme Ribeiro, essa canção, que já foi gravada por nomes como Geraldo Azevedo, Elba Ramalho e Zeca Baleiro, entre outros importantes expoentes da MPB, foi escolhida porque, além de ser muito bonita e agradável, também reflete o atual momento de cansaço do isolamento e ansiedade pelo reencontro. “Essa música tem uma letra singela, que fala de saudade. E temos essa sensação de saudade - saudade do Instituto Anelo, saudade das aulas presenciais, saudade de fazer música ao vivo, saudade de tocar com outras pessoas. Por outro lado, há um vislumbre de retorno presencial com o avanço das vacinas e do Plano São Paulo de retomada”, diz Guilherme. Ele explica que a produção foi feita em etapas. De início foi solicitado ao professor Luca Alves, do projeto Prática de Banda, um arranjo para a música. “Pedi para que ele pensasse numa maneira que todos os alunos pudessem tocar, assim, o arranjo tem partes mais simples e outras mais complexas.” O passo seguinte foi pré-gravar a música, de forma que a canção passasse a ser trabalhada nas aulas. Todos os áudios enviados posteriormente pelos alunos aos professores foram reunidos na gravação. A captação de imagens foi feita entre os dias 1º e 3 de julho, na sede do Anelo, no Jardim Florence I.


Todas as turmas foram convidadas a participar em horário pré-determinado e restrito - quem pode, compareceu. De acordo com Guilherme, para garantir a segurança em tempos de Covid-19, foi adotado um protocolo que incluiu distribuição de máscaras personalizadas para todos (de uso obrigatório), marcações de espaço e um local afastado, ao ar livre, para acomodar os acompanhantes das crianças (só foi permitida a entrada de um acompanhante por aluno).


De acordo com o coordenador Lucas Bohn, participaram dos três dias de gravação 170 dos 385 alunos atendidos pelo Instituto Anelo no primeiro semestre de 2021. “Foi uma experiência muito desafiadora do ponto de vista da organização. A gente tinha que manter a segurança sanitária e ao mesmo tempo seguir o cronograma estabelecido pela direção do vídeo. Apesar de os pais e alunos terem colaborado muito e se portado de maneira responsável, a gente tinha que levar essa parte em consideração a todo instante”, lembra. “Por outro lado, os alunos adoraram estar de volta ao Instituto Anelo. Para alguns, foi a primeira experiência pedagógica no Instituto”, conta Lucas, lembrando daqueles que iniciaram os estudos no Anelo já durante a pandemia, em ambiente 100% virtual. EMOÇÃO Fundador e coordenador geral do Instituto Anelo, Luccas Soares diz que todo o processo de produção do vídeo foi muito emocionante. "A ideia já emocionou a todos porque o tema é saudade, e não tem ninguém que não esteja com saudade neste momento.” Para ele, poder fazer uma gravação segura, com todos os protocolos, rever os alunos, as famílias e os professores, vê-los ocupando o Anelo depois de praticamente um ano e quatro meses de aulas online, foi muito bom. “Além disso, tem o aspecto técnico também”, afirma Luccas, ressaltando a beleza do arranjo e o cuidado com as imagens. Luccas acredita que essa música traz a esperança da retomada das atividades presenciais no próximo semestre.


“O Anelo vai funcionar de forma híbrida no começo até todos se sentirem plenamente seguros. Mas o online veio para ficar - mesmo com a retomada presencial, o Anelo vai atingir cada vez mais pessoas no online.” De acordo com o coordenador geral, toda a equipe de produção do vídeo é do próprio Anelo. Luccas lembra, ainda, que a pré-gravação do tema foi feita no estúdio TS7 Produções, de propriedade de Thiago Santana, que é voluntário do Anelo.


Assista:



"Saudade" is the subject of a video that brings together students and teachers from Instituto Anelo


Traditionally, Instituto Anelo, a non-profit association that offers free music classes in the Campo Grande region, in Campinas (SP), makes presentations by students to mark the end of each semester. Not even in 2020, with the arrival of the new Coronavirus pandemic (Covid-19), when all the institution's activities were transferred to the remote format, did these events stop happening, in this case, with online recitals.


In this first half of 2021, still unable to resume live presentations, the institution decided to do something different: it invested in the production of a single video, with images taken at the headquarters in Anelo and audio captured from recordings made by students and teachers . The song chosen to mark this celebration was Ai que Saudade d’Ocê, by the composer from Paraíba Vital Farias.


According to the pedagogical coordinator of the Institute and conductor of the Orquestra Anelo, Guilherme Ribeiro, this song, which has already been recorded by names such as Geraldo Azevedo, Elba Ramalho and Zeca Baleiro, among other important MPB exponents, was chosen because, in addition to being very beautiful and pleasant, it also reflects the current moment of tiredness of isolation and anxiety to meet again. “This song has simple lyrics, which speak of saudade. And we have this feeling of homesickness - homesickness for Instituto Anelo, homesickness for in-person classes, homesickness for making live music, homesickness for playing with other people. On the other hand, there is a glimmer of face-to-face feedback with the advance of vaccines and the São Paulo Plan for recovery”, says Guilherme. He explains that the production was done in stages. Initially, Professor Luca Alves, from the project Practice Band, was asked to arrange an arrangement for the song. “I asked him to think of a way that all students could play, so the arrangement has simpler parts and more complex ones.” The next step was to pre-record the song, so that the song could be worked on in classes. All audios sent later by the students to the teachers were gathered in the recording. The capture of images was carried out between the 1st and 3rd of July, at the headquarters of Anelo, in Jardim Florence I.


All groups were invited to participate at a predetermined and restricted time - those who can, attended. According to Guilherme, in order to guarantee safety during the Covid-19 period, a protocol was adopted that included distribution of personalized masks for everyone (mandatory use), space markings and a remote place, in the open air, to accommodate companions of children (only one companion was allowed per student).


According to coordinator Lucas Bohn, 170 of the 385 students attended by Instituto Anelo participated in the three days of recording in the first half of 2021. “It was a very challenging experience from the point of view of the organization. We had to maintain sanitary safety and at the same time follow the schedule established by the direction of the video. Although parents and students collaborated a lot and behaved responsibly, we had to take this part into account at all times," he recalls. “On the other hand, the students loved being back at Instituto Anelo. For some, it was the first pedagogical experience at the Institute”, says Lucas, remembering those who started their studies at Anelo during the pandemic, in a 100% virtual environment. EMOTION Founder and general coordinator of Instituto Anelo, Luccas Soares says that the entire video production process was very exciting. "The idea has moved everyone because the theme is saudade, and there is no one who is not missing it right now." For him, being able to make a secure recording, with all protocols, reviewing students, families and teachers, seeing them occupying the Anelo after practically a year and four months of online classes, was very good. it also has a technical aspect”, says Luccas, emphasizing the beauty of the arrangement and the care taken with the images.Luccas believes that this song brings the hope of resuming in-person activities in the next semester.


“Anelo will work in a hybrid way in the beginning until everyone feels completely safe. But online is here to stay - even with the face-to-face resumption, Anelo will reach more and more people online.” According to the general coordinator, the entire video production team belongs to Anelo. Luccas also remembers that the pre-recording of the theme was made at the TS7 Produções studio, owned by Thiago Santana, who is an Anelo volunteer.

Posts recentes

Ver tudo