top of page
  • Foto do escritorABMTHS

Pérola de Grande Valor

Atualizado: 17 de mai. de 2023

Desde muito cedo a dança esteve presente no cotidiano de Grimaldo Silva, jovem nascido em 7 de setembro de 1994 no subúrbio ferroviário de Salvador (BA). Vindo de uma família de músicos e dançarinos, com poucos anos de idade já mostrava seu talento ao subir no palco onde a banda de seu pai se apresentava.


Grimaldo – ou Gui, como gosta de ser chamado – cultivou sua relação com a dança, fosse nas festas de família ou nas festas juninas, lá estava ele. Mas foi com 10 anos de idade, quando começou a participar das atividades da igreja, que o jovem teve sua primeira experiência como artista: em um evento da paróquia, foi escolhido para representar Jesus em uma coreografia, e aquela oportunidade transformou sua vida.


Seu amor pela dança aflorava, à medida que via na arte, uma oportunidade de se conectar com Deus.


Em meados de 2005 sua mãe o convidou para fazer aulas na ONG em que trabalhava, o então chamado “Projeto Ballet Esperança” que, anos depois, passou a se chamar “Ballet Arte”. Grimaldo aceitou o convite e ali pôde descobrir um mundo novo, que lhe deu esperança e a certeza de que o ballet era, realmente, uma missão de vida. Ali, conheceu outros jovens que, como ele, se encantaram pela arte e pela dança.


De fato, o ballet deu a oportunidade de Grimaldo transformar sua dança em arte e presentear o mundo com seu dom, mas seu caminho não foi fácil.


Ainda jovem, passou a sofrer com o preconceito na escola onde estudava e nos encontros de família, além da rejeição de seu pai, que não ajudava a pagar as despesas das aulas. Todos diziam que ballet era “coisa só de menina” ... estavam enganados.


Foi sua mãe que, mesmo com as dificuldades, sem emprego fixo e pouco dinheiro, sempre o defendeu do preconceito e fez de tudo para que Grimaldo não deixasse o ballet e pudesse seguir seu sonho.


Em 2011, realizou seu primeiro exame internacional na Royal Academy of Dance e conquistou a certificação desejada por todo bailarino que sonha em seguir a carreira profissional na arte. Logo depois, em 2012, foi convidado para fazer parte do corpo de professores do projeto “Ballet Arte”, já que para ele era um sonho ensinar outros jovens e crianças.


“O projeto foi de grande importância em minha vida como um todo, me formou homem de bem e deu a oportunidade de crescer profissionalmente. {o projeto} sempre acreditou em mim, mesmo que por muitas vezes eu não acreditasse na minha própria capacidade... então no ano de 2021 passei para o curso profissional da Escola de dança da FUNCEB, instituição do governo do estado da Bahia que tem como objetivo formar bailarinos profissionais com conhecimentos em várias áreas da dança... Com isso quero com meu conhecimento acrescentar ainda mais na aprendizagem dos alunos do projeto Ballet Arte”, disse Grimaldo.

Hoje, além de professor, Grimaldo é também o responsável pelos figurinos, roteiros e tantas outras funções das quais se orgulha de conduzir. Sua história nos inspira e nos faz acreditar que o mundo pode ser um lugar com menos preconceito, mais amor e compaixão e que a arte é para muitos uma “pérola de grande valor”.




45 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page