top of page
  • Foto do escritorABMTHS

Capítulo 2 – Nossa Mãe e sua família em Zicawei


Dada e Nana (os pais de Maria) no Brasil, em 1958 (Amparo, SP)

Nossa mãe, Maria Wei Ghi Sieh, era a única filha de uma família de católicos convertidos em uma missão jesuíta em Xangai. Seu irmão mais novo morreu de poliomielite, quando ainda era adolescente. Sua família era muito devota. A aldeia de Zicawei, onde sua família morava, era bem conhecida por ser uma das primeiras missões da Companhia de Jesus na China. Foi lá que os missionários construíram o seu prestigioso observatório, uma concessão imperial para “o estudo dos céus”. A vida da aldeia inteira foi centrada na cultura missionária dos Jesuítas.



Maria Wei Ghi Sieh


A grafia correta do nome no dialeto de Xangai seria Zi-ka-wei. Os caracteres chineses significam “a residência da família Zi”. Ali nasceu, em 1562, Zi Kwang-ch'i, ou, como ele foi posteriormente chamado, Paul Zi. Ele foi um dos primeiros altos funcionários chineses a converter-se ao Catolicismo, tendo como seu mentor e amigo o famoso missionário jesuíta Matteo Ricci. Ele era um grande estudioso e autor de várias obras importantes, entre elas um tratado escrito em 1616, em defesa da religião cristã. Sua propriedade familiar foi posteriormente adquirida pelos Jesuítas. Em homenagem à família Zi, o renomado Colégio Jesuíta foi nomeado ‘Colégio Zi Wei’.



Maria Wei Ghi Sieh

Nosso Avô materno, ‘Dada’, falava fluentemente francês e era reconhecido como um homem bem educado. No entanto, por algum motivo desconhecido, a educação formal de nossa mãe não foi além da 6 ª série. Nossa Avó, ‘Nana’, era uma mulher astuta, de personalidade forte e determinada. Ela iniciou um próspero negócio de renda artesanal. Foi numa ocasião em que nosso Pai foi até Zicawei comprar renda para seu comércio de fios têxteis, que ele encontrou a jovem Maria.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

댓글


bottom of page